4-Indicadores-para-identificar-e-evitar-fraudes-nos-pagamentos-online

4 indicadores para identificar e evitar fraudes nos pagamentos online

O ecommerce no Brasil cresceu exponencialmente nos últimos anos. Com isso, o número de ações fraudulentas também aumentou. Os prejuízos causados por fraudes são enormes, muitas vezes irreversíveis. Por isso, é mandatório todo gestor de comércio eletrônico se proteger de fraudes em vendas pela internet.

As fraudes são as principais causas de encerramento de atividades dos comércios eletrônicos em seu primeiro ano de atuação no mercado brasileiro. Atenção e prevenção são primordiais para que o comerciante e o consumidor estejam mais seguros em transações efetuadas pela internet.

Estima-se que os varejistas de ecommerce destinam mais de 7% de sua receita anual para combater fraudes nas transações na web, de acordo com um estudo recente da empresa de consultoria e pesquisas Javelin Strategy and Research LLC

Para tornar as transações do ecommerce mais rentáveis e fugir de ações mal intencionadas, protegendo clientes e, sobretudo, o próprio negócio é preciso que o comerciante online siga recomendações de segurança.

Confira 4 indicadores para identificar e evitar fraudes nos pagamentos online:

1- Verificação de CPF:

Consultar o CPF do comprador junto à Receita Federal  (consulta pelo site) para verificar se há restrição ao número de CPF fornecido.

2- Verificação de endereço de IP:

Através do IP do comprador é possível utilizar o serviço de geolocalização para saber de onde exatamente o pedido está sendo feito. É fundamental estar atento à localização do pedido recebido.

3- Atenção com os e-mails:

Caso o e-mail seja de provedor gratuito, tenha nome diferente do nome do cliente ou qualquer outra característica suspeita é preciso investigar antes de liberar e efetuar a transação.

4- Automatização:

Para evitar os prejuízos causados por fraudes em pagamentos, gestores têm optado por parcerias com empresas de intermediação de pagamentos online, que, na maior parte das vezes, oferece um robusto sistema antifraude.

A parceria promove controle total das transações financeiras da empresa, facilitando a gestão, dando maior segurança e evitando fraudes no sistema, pois essas empresas intermediadoras trabalham com especialistas em segurança da informação e avaliam todos os riscos possíveis.

Os prejuízos causados por fraudes recaem sobre o lojista online, portanto, é recomendável que o comerciante invista - ao entrar no mercado online - em uma parceria com uma empresa intermediadora de pagamento, pois esta irá detectar fraudes e ajudar a evitar que a transação fraudulenta ocorra.

Contratar especialistas em segurança da informação que analisam e aprovam ou não as compras é uma excelente solução para evitar transtornos em pagamentos online, além disso, causa menos impactos na saúde financeira dos negócios do que os prejuízos das fraudes.

Boas vendas!

Guia PayU Tudo sobre pagamentos online