PayU_20180814_ImgBlog01_On_v01-2.jpg

6 erros comuns que podem acabar com o seu ecommerce

Empreender nunca foi uma tarefa fácil, muito pelo contrário. É cada dia mais desafiador fazer do seu ecommerce um negócio bem-sucedido.

Embora cada empresa tenha suas características, alguns erros são cometidos nos primeiros meses de funcionamento da maioria delas.

Pesquisas apontam que 80% dos ecommerces declaram falência antes de completarem 18 meses de atividade.

Vamos analisar melhor esses erros e te ajudar a evitá-los. Afinal, todos queremos que o seu ecommerce passe longe desta estatística e, claro, seja um sucesso!

Todos os projetos devem ter bom planejamento e pesquisa completa de mercado. A partir daí, você saberá a demanda do mercado pelos produtos ou serviços que você deseja vender, além de conhecer os seus concorrentes e buscar inspiração.

1 - Investimento em tecnologia

Um processo importante precisa nascer junto com as atividades do seu ecommerce, o investimento em tecnologia.

Quando falamos de investimento não nos referimos apenas a uma plataforma de qualidade para o seu website e meios de pagamento online completos, mas também ao investimento em inovações e adaptações do mercado.

Muito mais do que otimizações para ter uma página completa, de fácil navegação e atraente, sua loja online precisa ser encontrada quando um cliente está pesquisando por um produto que você vende.

Se o seu ecommerce ainda não faz um trabalho de SEO, é preciso começar agora. Essa é a oportunidade de aumentar a visibilidade do seu ecommerce. Ao aplicar as estratégias certas de otimização de palavras-chave, o seu site tem a chance de aparecer em um lugar melhor durante as buscas feitas pelos compradores.

Fique atento ao título da sua página, descrição dos links e imagens. Esses são alguns campos que o Google vai buscar para determinar a relevância de uma pesquisa de conteúdo.

2 - Experiência do usuário

Um erro comum que são cometidos com alguns ecommerces é esquecer que, mesmo virtualmente, a compra deve ter um caráter pessoal. Uma comunicação de qualidade faz parte de um negócio online bem-sucedido.

Antes de começar a falar com o seu cliente, reflita sobre quem ele é, sobre seus gostos e jeitos de falar. Assim, você conseguirá  estabelecer uma linguagem própria.

As páginas do seu site são a força de sua loja online. Se elas forem mal apresentadas em termos de conteúdo, você estará arriscando as suas vendas.

3 - Fidelização dos clientes

A aquisição e fidelização de clientes é um processo de longo prazo. Esse é um dos processos que mais demanda paciência, mas é com ele que o seu ecommerce pode virar o jogo e começar a gerar lucro.

No começo você precisa saber exatamente qual é o seu orçamento para trazer novos clientes para o seu ecommerce e ter ações de fidelização. Descontos para as primeiras três compras, um brinde, oferecimento de frete grátis, são algumas das estratégias que as lojas usam para fazer do primeiro comprador um cliente fiel.

4 - Cuide do seu fluxo de caixa

É no fluxo de caixa que mora o perigo da maioria dos recém chegados neste mercado. Todo negócio precisa de um bom fluxo de caixa para manter seu controle financeiro.

Por meio da análise do fluxo de caixa podemos identificar as movimentações financeiras e ver detalhadamente como elas acontecem, projetando desta forma quais são as necessidades específicas para cada período e quais as soluções ideais para cada uma delas. Uma boa gestão financeira é imprescindível!

5 - Escolha um produto ou serviço para chamar de seu

Esqueça a ideia de vender tudo a todos. Na segmentação está a chave da excelência. Inicialmente vender diversos tipos de  produtos pode ser perigoso, pois irá exigir muitas páginas de site, muito estoque e muito gerenciamento.

Inspirar-se em grandes players do seu segmento é normal no começo, mas este processo pode levar a uma confusão na demarcação dos seus produtos ou serviços. Sua gama de produtos deve crescer gradativamente, assim como o seu ecommerce.

Seja honesto com você. Qual a quantidade de produtos você pode vender hoje? Dentro desses que você selecionou,  ache um diferencial e se torne único no fornecimento deles.

6 - Mensuração

Por último, mas não menos importante, lembre-se de mensurar tudo o que o seu ecommerce vende. Esta é uma das mais importantes tarefas internas que um ecommerce deve desenvolver.

Você precisa antes de mais nada ter claro os seus objetivos de venda para que o seu ecommerce seja rentável e bem sucedido.

A cada mês mensure os seus esforços e tenha em mente o que foi eficaz e também naquilo em que não é necessário gastar mais tempo e dinheiro.

Para que você tenha uma visão ampla de seu negócio é importante ter ferramentas de mensuração que podem te ajudar a pontuar índices de gastos, investimentos, transações de compra, venda e  lucros.

Precisa de ajuda para gerenciar melhor o seu ecommerce e evitar erros? Conheça soluções completas para cada uma das suas necessidades empresariais!

Saiba como promover seu e-commerce e vender mais com PayU!