PayU_20180614_ImgBlog04_On_v01.jpg

Como a tecnologia pode influenciar o futuro do seu ecommerce

Quando falamos de futuro pode até parecer algo distante, porém isso não se aplica quando o assunto é a tecnologia no comércio eletrônico. A internet ganhou mais força do que nunca nos últimos anos, o consumidor mudou e a maneira de comprar naturalmente também mudou.

Cada dia mais os consumidores farão compras no conforto de suas próprias casas, por meios baseados na interação, realidade virtual (RV), inteligência artificial e machine learning.

Com tanta comodidade poucos irão optar por ir a uma loja física, e é aí que o ecommerce ganha mais espaço.  

Pode ser que toda essa mudança tecnológica já fosse de se esperar. Mas o seu ecommerce está preparado para tantas novidades que o futuro já vem apontando?

A orientação é você fazer uma avaliação sincera sobre o seu website. Ele está preparado para ser intuitivo, de fácil navegação e com um design atraente?

A melhor conectividade com os seus clientes começa na home de seu site. Otimizar não só o layout, mas também as descrições e imagens de seus produtos te ajudam a ganhar velocidade em sua página.

O Brasil é a prova de que de alguns anos para cá a velocidade da internet e o número de conexões aumentou expressivamente. Segundo os últimos dados atualizados do IBGE, entre 2005 e 2015 o número de casas conectadas no Brasil deve um  aumento de cerca de 446%. Ganhamos internação e rapidez nos últimos anos e com isso, a paciência de quem compra pela internet diminuiu.

Dois em cada cinco internautas abandonam um website se ele demorar mais do que 3 segundos para carregar.

É o que aponta uma pesquisa feita pela líder global em computação na nuvem, a Akamai Study, que possui 150 mil servidores espalhados pelo mundo.

Além de ajudar a aumentar as taxas de conversão, geralmente a velocidade é considerada um importante sinal de classificação para mecanismos de pesquisa, como o Google.

Fica claro que cada vez menos pessoas irão sair de suas casas, pegar o carro e ir a uma loja física, onde precisem esperar em filas para comprar bens e serviços. Essas pessoas irão te procurar no Google! Isso já é uma tendência já que 80% dos consumidores chegam em uma loja física com a decisão de compra tomada ou ao menos uma pesquisa prévia sobre o que deseja adquirir.

Com a RV (Realidade virtual), os consumidores poderão experimentar e usar itens apenas com alguns “cliques”. Varejistas de roupas e empresas de tecnologia da moda terão que estar na vanguarda para aproveitar ao máximo este desenvolvimento.

A RV oferece aos ecommerces a oportunidade de sair da “zona de conforto” e ir além para atrair os seus clientes elevando o nível de experiência para  vender mais.

Já a geolocalização ou geotech mostra o avanço em como os varejistas irão oferecer promoções personalizadas a seus clientes com base em seus gostos, sua localização, costumes de pesquisa e etc.

A personalização ainda será uma chave no varejo para vender mais online. Não se trata apenas de colocar o nome de alguém em um assunto de email ou deixar que os clientes coloquem suas iniciais nos produtos. Mas sim a personalização que permite aos compradores criar produtos e personalizá-los até o último detalhe.

Uma coisa é fato, as lojas serão inteligentes! Capazes de prever padrões de compras e comportamentos, controlando a publicidade e melhorando as experiência do cliente simplesmente pela ciência dos dados e a interconectividade.  

O futuro é brilhante para os varejistas que se adaptam às necessidades de seus clientes. A sua mudança vai depender do mercado e do seu público-alvo. Analise  sempre o que os dados estão dizendo e use isso para determinar o seu plano de ação.

Para alguns, a evolução pode significar explorar novos formatos de lojas ou renovar sua seleção de produtos e serviços. Para outros, o uso de novas tecnologias ou a reciclagem do seu plano de negócio é a melhor opção. Em todos os casos, trata-se de colocar o cliente em primeiro lugar e criar uma experiência mais pessoal possível em sua loja. Um bom sistema antifraude e uma boa plataforma de pagamentos online influenciam em seu ecommerce, compradores querem se sentir seguros sobre o que e onde eles estão comprando seus produtos.

E aí, o seu ecommerce está pronto para o futuro?

PayU- BR- Dicionário do Ecommerce