O-sistema-antifraude-na-prevenção-de-golpes-em-vendas-online-por-meio-de-dispositivos-móveis.jpg

O sistema antifraude na prevenção de golpes em vendas online por meio de dispositivos móveis

Fazer compras na internet é muito cômodo e fácil. Por isso, é expressivo o aumento das compras na web utilizando aparelhos móveis, como smartphones e tablets.


Volume de transações comerciais via dispositivos móveis

No Brasil, 83% das operações são realizadas através de smartphones, um aumento de 14% no primeiro semestre de 2016, comparado ao mesmo período do ano anterior. Já os tablets, representam 17% das operações móveis realizadas.

As conclusões foram apontadas pelo estudo H1 State of Mobile Commerce Report, realizado em 12 países pela Criteo, empresa global de tecnologia especializada em publicidade digital e marketing de performance.

Ainda segundo o estudo, Brasil, França e Austrália são os países que registraram maior crescimento na participação de dispositivos móveis nas transações do ecommerce em 2016. 

Os números de fraudes em transações via dispositivos móveis

O mobile commerce atingiu um ponto de transição e está ultrapassando as compras realizadas pelo desktop na medida em que os varejistas continuam investindo em suas plataformas móveis.

Com o aumento das vendas online, o número de fraudes também cresce. A empresa ACI Wordwide analisou as fraudes no comércio eletrônico durante o ano de 2016. Os dados levantados revelaram aumento de 31% nas tentativas de compras fraudulentas em relação a 2015. Estimou-se que uma em cada 97 transações se tratava de uma tentativa de fraude.

Os pesquisadores constataram que o aumento mais consistente e alarmante de fraudes ocorre em datas importantes para o comércio, como Natal, Dia dos Namorados, Dia das Mãe, etc.

O sistema antifraude na prevenção de golpes em vendas online

Devido ao aumento consistente nas tentativas fraudulentas durante esses períodos, os comerciantes devem ser proativos em seus esforços para identificar pontos fracos e definir estratégias de curto e longo prazo para melhorar a segurança com a adoção de um sistema antifraude, por exemplo, e aumentar a experiência do cliente.

É necessário que varejistas invistam em tecnologias para aprender sobre seus clientes e aquilo que eles valorizam mais, bem como para aumentar a proteção de dados, informações e a segurança das transações.

Ao reconhecer o risco de fraudes, deve-se entender o cenário da organização e o ambiente corporativo, identificando os possíveis pontos no sistema em que uma fraude pode acontecer. Portanto, a busca de soluções de prevenção e segurança deve ser contínua e ininterrupta.

É fundamental manter a vigilância, acompanhar as atividades dos seus consumidores, manter a atenção ao perfil do público e, também, aos parceiros de negócio.

Soluções tecnológicas permitem maior controle sobre os negócios, mantendo as operações seguras. É necessário, portanto, um trabalho contínuo para proteger os negócios, integrando dados, ferramentas e expertise para manter as transações seguras e alcançar melhores resultados.

Soluções atualizadas com tecnologia de ponta, promovidas por quem é referência no assunto, garantem mais tranquilidade nas tomadas de decisão e tornam as transações mais protegidas de fraudes.

Boas vendas!

Guia PayU Tudo sobre pagamentos online